Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 9357-1951 | (31) 3292-7257 contato@evotekone.com.br
Tomar glutamina antes de dormir

Tomar glutamina antes de dormir

Se você é uma daquelas pessoas que passam a noite jogando e virando na cama, incapaz de dormir, e no dia seguinte você acorda sem humor, mau humor e com pouca capacidade de concentração, e é hora de refletir sobre o que você pode estar acontecendo e o que você pode melhorar.

Ter um sono reparador é o precursor de um bom humor e uma maior capacidade de concentração durante cada dia. Felizmente, existem maneiras de conseguir uma melhor qualidade de sono, e uma delas é tomar suplementos nutricionais com glutamina e outros aminoácidos.

Vários estudos mostraram que os suplementos alimentares com aminoácidos como a glutamina são de enorme ajuda. Tomar glutamina ajuda a acalmar o sistema nervoso, reduz os níveis de estresse e melhora a atividade cerebral. Você quer saber como ele faz isso? Continue lendo

 

Por que é bom tomar glutamina antes de dormir

Por que é bom tomar glutamina antes de dormir
Por que é bom tomar glutamina antes de dormir

A glutamina é um aminoácido que é produzido no mesmo corpo. Ele é armazenado nos pulmões e músculos, embora seja no nível muscular, onde a maior quantidade é concentrada. Como todos os aminoácidos, intervém diretamente na regulação das funções celulares, ajudando a eliminar compostos que o organismo descarta (amônia). Isso fortalece o sistema imunológico e promove processos intestinais.

E o que isso tem a ver com dormir bem? Muito A maior quantidade de glutamina é obtida pelo organismo a partir de alimentos com alto valor proteico, como laticínios, carnes vermelhas e nozes. Quando quantidades suficientes dieta não é ingerido e, além disso, o corpo é submetido a alta tensão, o trabalho muscular intenso (como fazer atletas ou pessoas que treinam), doença ou lesão, as quantidades desse aminoácido podem quebrar.

O resultado desta queda pode ser alterações no metabolismo, incluindo enfraquecimento do sistema imunológico, geração de radicais livres que danificam células, ansiedade e insônia. Quatro boas razões para prestar mais atenção a uma dieta equilibrada, rica em proteínas vegetais e animais, juntamente com um suplemento de glutamina.

 

Como tomar glutamina: Recomendações e conselhos

Como tomar glutamina: Recomendações e conselhos
Como tomar glutamina: Recomendações e conselhos

A ingestão de glutamina durante a noite é especialmente indicada em momentos de estresse, estresse e ocupações de trabalho excessivas. Essas situações reduzem as concentrações do aminoácido no plasma e nos músculos, impedindo que as células funcionem adequadamente e causando um revés generalizado.

Uma vez que este aminoácido atua como um gatilho para a nível celular, as suas baixas concentrações impedir a divisão e regeneração das células dos intestinos e do sistema imune, a criação de um círculo vicioso, mesmo se ele parece difícil de acreditar, impede que o corpo neutralizar os sinais de estresse.

Se você sofre de fadiga ou tem problemas para se concentrar mentalmente, existem estudos que atribuem isso a uma possível falta de ácido glutâmico. E qual seria a solução? Bem, consuma glutamina, juntamente com outros compostos, como arginina e ornitina.

Existem certas regras que você deve seguir para tomar esses suplementos. Você pode comer sozinho ou em conjunto com comida, mas não com alimentos e bebidas quentes, porque o calor pode quebrar as ligações de aminoácidos.

Nem deve ser misturado com sucos cítricos, pois suas propriedades são perdidas. Portanto, deixe seu copo de infusão para dormir por outro tempo e não o tome junto com a pílula de glutamina.

A dose de glutamina pode variar a partir de 5 gramas a 15 gramas por dia, em doses divididas.

 

– Glutamina, arginina e BCAA

Você sabia que enquanto está dormindo, seu corpo está lutando uma batalha interna para eliminar o desperdício acumulado? Esses resíduos, como a amônia, atuam como gatilhos para a insônia e mantêm o organismo intoxicado.

Consumir suplementos com glutamina e arginina antes de dormir são uma boa maneira de atacar este problema de falta de sono, já que ambos os aminoácidos ajudam a remover detritos que agem como compostos tóxicos e mantê-lo acordado. Ornitina também é outro aminoácido aliado na batalha para tirar a amônia do fígado.

Os BCAAs são outros aminoácidos necessários para reduzir a fadiga muscular. Eles são compostos de três aminoácidos essenciais, que são valina, leucina e isoleucina. Juntos, eles formam cadeias ramificadas que, quando agrupadas, constroem “tijolos” para restaurar os músculos na fase de repouso (durante o sono).

Glutamina e BCAA trabalham juntos para regenerar células, de modo que muitos atletas consomem para reduzir a degradação muscular durante exercícios intensos, e como anticatabólico na prática de esportes de resistência e de longa duração. Muitos suplementos oferecem sozinhos ou combinados com outros nutrientes, como os BCAAs.

A escolha do melhor suplemento para você depende das exigências esportivas que você tem e do grau em que você sujeita seu corpo a uma maior fadiga muscular devido ao exercício intenso. Nesses casos, os BCAAs podem impedir que a carga de aminoácidos no corpo caia, retardando o aparecimento de sinais de fadiga que podem impedi-lo de dormir adequadamente.

 

Leave a comment