Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 9357-1951 | (31) 3292-7257 contato@evotekone.com.br
Como tomar o BCAA em pó

Como tomar o BCAA em pó

Como tomar o BCAA em pó – Juntamente com o whey protein e com a creatina, o BCAA é um verdadeiro clássico dos suplementos alimentares. Consumido há mais de décadas por vários atletas e não atletas que praticam atividades de alta intensidade – como a musculação –, o produto é um dos que nunca faltam em um bom treinamento.

Há duas formas mais consumidas do BCAA: em cápsulas ou em pó. Na verdade, as cápsulas nada mais são do que quantidades de pó contadas envolvidas em algum material orgânico, que é facilmente digerido pelo estômago. Tomar o seu suplemento da forma correta pode ser o fator definitivo para que ele realmente funcione. Sendo assim, nesse artigo vamos falar sobre como tomar o BCAA em pó!

Do que se trata o BCAA? – Como tomar o BCAA em pó

O BCAA nada mais é do que um composto com três aminoácidos importantes para o nosso organismo – especialmente para os tecidos musculares. A valina, a isoleucina e a leucina são elementos químicos de cadeia ramificada, os quais ajudam na produção de energia para os músculos e estimulam o seu crescimento de forma mais eficiente e rápida.

Esse grupo também é encontrado em vários alimentos do nosso dia a dia, mas apenas com a suplementação é possível absorver todos os benefícios relacionados às suas propriedades. É importante ressaltar que o BCAA é um suplemento e, por esse motivo, não deve substituir a sua alimentação, mas apenas complementa-la.

Além disso, antes de adicionar qualquer elemento em seu dia a dia, consulte o seu nutricionista, médico ou educador físico. Fique atento também à marca do seu suplemento, tendo em vista que muitas empresas, visando apenas o lucro, fabricam substâncias de baixa qualidade, as quais não oferecem nenhum benefício para o organismo dos seus consumidores.

Qual o melhor: BCAA em cápsula ou pó? – Como tomar BCAA em pó

Essa é uma pergunta muito comum no meio da musculação. Afinal, se os dois são tão populares e utilizados pelos frequentadores de academia, qual possui o melhor custo x benefício para o consumidor.

O BCAA é um suplemento alimentar que, na grande maioria das vezes, possui um preço justo e que cabe no bolso. As cápsulas são geralmente mais baratas do que a versão em pó, mas apenas essa informação crua não significa que os seus benefícios são maiores.

Na verdade, os resultados ao fim de todo o processo – ou seja, depois de algumas semanas e meses tomando BCAA – será o mesmo. No entanto, a vantagem do pó em relação à cápsula é o tempo de absorção. Enquanto as cápsulas precisam ser rompidas pelo suco gástrico, a versão em pó é imediatamente digerida e enviada para a corrente sanguínea.

Como tomar o BCAA em pó?

O BCAA é um conjunto de aminoácidos. Por esse motivo, não é indicado que seja exposto a altas temperaturas, tendo em vista que nessas condições é possível que os aminoácidos desnaturem, perdendo grande parte de suas propriedades e, consequentemente, dos seus benefícios.

Sendo assim, para tomar o pó de BCAA, dissolva-o em água – ou suco – com temperatura ambiente. A quantidade varia de acordo com o peso, tipo físico e com os objetivos do consumidor. Para saber qual é o valor ideal para você, consulte o seu educador físico. Na grande maioria das vezes, gira em torno de 5 gramas por dose.

Em relação à quantidade de doses diariamente, o mais indicado é que sejam feitas duas, uma antes e outras depois do treinamento. A dose do pré treino tem o objetivo de fornecer energia para os músculos, a fim de evitar a fadiga precoce, o que pode prejudicar a realização dos exercícios.

Já a dose do pós treino tem o objetivo de estimular o crescimento muscular. Além de dar energia para que o musculo construa novas fibras, o BCAA estimula a produção de outas substâncias que participam dessa síntese!

 

Gostou desse artigo sobre “Como tomar BCAA em pó?”? Deixe nos comentários abaixo a sua opinião e também a sua experiência com esse suplemento alimentar. Acompanhe o nosso blog e fique atento nos novos textos sobre o mundo da musculação. Você pode se interessar também:

Leave a comment