Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 9357-1951 | (31) 3292-7257 contato@evotekone.com.br
DHEA 50 mmg MRM como tomar

DHEA 50mg MRM

O mercado de suplementos alimentares e bastante vasto, tanto na classificação dos elementos como nos efeitos que eles produzem. Um dos suplementos mais utilizados e com uma gama de efeitos mais específica é o DHEA 50mg mrm. Muito utilizado por quem almeja aumentar o desejo sexual, formar novos músculos, evitar os efeitos estéticos do envelhecimento dentre outras questões de saúde, o DHEA tem ganhado bastante espaço nesse mercado, embora ainda se saiba pouco sobre ele, suas funções efetivas e os riscos de sua utilização.

Então, antes de nos aprofundarmos mais nos possíveis benefícios do uso de DHEA, é importante entender o que é esse suplemento e qual a sua composição.

 

  • O que é o DHEA 50mg mrm

dhea 50mg mrm
dhea 50mg mrm

DHEA  50mg mrm é o nome usado para se referir a desidroepiandrosterona, um hormônio produzido pelo corpo humano. O DHEA é produzido nas glândulas adrenais, situadas pouco acima dos rins e responsáveis pela produção de uma série de outros hormônios essenciais ao funcionamento do organismo.

A suplementação de DHEA é feita através de elementos encontrados na natureza, como soja e inhame, logicamente trabalhados em laboratórios para sua produção.

Em relação à sua atuação no organismo humano, não é conhecida toda a sua gama de funções, mas se sabe que o DHEA é um hormônio precursor de outros como a testosterona e o estrogênio, hormônios sexuais masculino e feminino, respectivamente.

Também se conhece os períodos em que a produção de DHEA atinge seus maiores níveis. Trata-se de um hormônio que tem sua maior produção após os vinte anos de idade e começa a ser encontrado em taxas menores a partir dos trinta. Essa queda de nível é percebida de forma mais agravada em mulheres do que em homens.

Pessoas com disfunções hormonais podem apresentar um nível de DHEA abaixo do ideal. Esse fenômeno também é percebido em pessoas com doença de Alzheimer, HIV/Aids, complicações cardiovasculares, depressão, diabetes, problemas no sistema imune e osteoporose. Medicamentos com fortes cargas hormonais como pílulas anticoncepcionais e alguns remédios para transtornos psiquiátricos também podem influenciar na produção e disponibilidade de DHEA no corpo humano.

Nesse contexto, o suplemento de DHEA 50mg mrm é muito utilizado para tratar alguns desequilíbrios de disponibilidade e fabricação de hormônios, sendo essa a sua função original e cientificamente comprovada.

A grande questão é que os suplementos de DHEA apresentam uma série de outras atuações e efeitos no organismo, o que fez com que várias empresas passassem a vender esses suplementos com outras finalidades, geralmente relacionadas às dos suplementos mais consumidos por quem pratica atividades físicas. Hoje o suplemento de DHEA é vendido tendo como função elementos como:

– Manutenção da massa muscular

– Promoção da perda de peso

– Combate aos efeitos da osteoporose

– Combate aos efeitos da depressão

 

Em que pese a relação realmente existente entre o uso do DHEA e os efeitos listados, é importante saber de forma mais profunda como esse hormônio atua no corpo humano, para não cair no conto do vigário e acabar consumindo-o para uma finalidade nunca alcançável.

 

  • Benefícios do DHEA 50mg mrm

Não existem evidências científicas significativas para atestar a maioria dos benefícios popularmente relacionados ao uso de suplementação de DHEA. Problemas como insuficiência adrenal, cansaço crônico, depressão, problemas cardiovasculares, disfunções metabólicas, sintomas da menopausa e muitos outros são apontados como “tratáveis”, com o uso do DHEA, mas não existem comprovações desses efeitos.

Também não há comprovações científicas que atestem que o uso de suplemento de DHEA ajuda a perder peso ou a reduzir os efeitos da idade. O mesmo vale para os supostos efeitos de aumento de fora muscular, prevenção da doença de Alzheimer e aumento de libido.

Feitas todas as ressalvas, é hora de listar os efeitos benéficos aos quais o suplemento de DHEA é atribuído, sendo cientificamente provados ou não:

 

– Combate a osteoporose

O uso de DHEA pode aumentar a densidade óssea em indivíduos mais velhos e que sofrem com a osteoporose. Isso é uma ajuda importante no combate aos sintomas dessa doença, como a maior propensão para quebrar ossos.

 

– Variações de humor

Estudos comprovaram a atuação do DHEA como um modulador do humor, o tornando mis estável. Pode ser útil para aliviar sintomas de ansiedade, depressão e até mesmo prevenir surtos esquizofrênicos.

 

  • Efeitos colaterais do DHEA 50mg mrm

Por se tratar de um hormônio o suplemento de DHEA deve ser consumido com a orientação de um profissional de saúde. Não é recomendado que o suplemento seja utilizado por crianças e mulheres grávidas ou em fase de amamentação em hipótese alguma.

Alguns dos principais efeitos colaterais são: insônia, dores abdominais, queda de cabelo, arritmia cardíaca, congestão nasal, pelo oleosa e acne.

 

 

  • Algumas considerações técnicas sobre o DHEA 50mg mrm

O New England Journal of Medicine publicou os resultados de um estudo sobre os efeitos da suplementação de DHEA em homens e mulheres idosos. Pesquisadores da Clínica Mayo e da Universidade de Pádua, na Itália, deram 75 mg de DHEA diariamente para 29 homens e 50 mg para 27 mulheres, enquanto 31 homens e 30 mulheres tomaram um placebo. (Outro braço do estudo analisou um emplastro de testosterona de baixa dose em 27 homens).

No final de dois anos, não havia muito a relatar. Houve pequenos mas significativos aumentos na densidade óssea; nenhuma alteração na composição corporal, níveis lipídicos ou hormonais, tolerância à glicose ou desempenho físico; e absolutamente sem efeitos colaterais adversos.

No entanto, este estudo e o editorial que o acompanhava geraram um turbilhão de atenção midiática sobre o DHEA, culminando com um pedido para que ele fosse retirado do mercado! Na melhor das hipóteses, isso é, para citar William Shakespeare, “muito barulho por nada”. Na pior das hipóteses, é uma caça às bruxas contra outro suplemento útil, natural e seguro.

 

– DHEA 50mg mrm não é um esteroide anabolizante

 

É possível entender alguma confusão sobre o DHEA, uma vez que testosterona, estrogênio e outros hormônios esteroides naturais ocorrem durante uma cascata de conversões químicas que começam com o colesterol e terminam com o DHEA, o precursor direto desses hormônios.

É, no entanto, importante deixar claro que o DHEA não é um hormônio anabólico. Como mostra este estudo, ele não aumenta os níveis de hormônio, aumenta a massa muscular ou se comporta como um esteroide anabolizante. Também não há nenhuma boa evidência de que o DHEA aumente os níveis de testosterona nos homens (embora isso aumente ligeiramente nas mulheres).

No entanto, este suplemento, que tem sido utilizado por cerca de 20 anos, está sob ataque na comunidade esportiva, e foi banido pelas Olimpíadas, NFL e NBA.

 

 

 

Leave a comment